Orçamento Paramétrico

Voltar
Orçamento Paramétrico

Orçamento Paramétrico

Você sabia que é possível fazer um Orçamento de Obra a partir dos Quadros de Áreas da NBR 12.721? 

.

A ABNT NBR 12.721:2006 é uma norma que estabelece os procedimentos para Avaliação de custos unitários de construção para incorporação imobiliária e outras disposições para condomínios edilícios.

Em outras palavras, ela se aplica aos edifícios com unidades autônomas dispostas em pavimentos, conjuntos de residências unifamiliares isoladas ou geminadas, conjunto de edificações que sejam objeto de incorporação imobiliária, bem como às edificações, que, mesmo não tendo sido incorporadas na forma da Lei 4.591/64, Título II, submetam-se posteriormente à forma condominial disposta na legislação aplicável para perfeita uniformização dos procedimentos que regem as disposições do condomínio edilício (partes autônomas e partes de uso comum).

Unidade Autônoma: Parte da edificação vinculada a uma fração ideal de terreno e coisas comuns, sujeita às
limitações da lei, constituída de dependências e instalações de uso privativo e de parcela das dependências e
instalações de uso comum da edificação, destinada a fins residenciai

Eu costumo definir unidade autônoma como tudo aquilo que é vendável, que agrega valor de venda ou gera VGV (Valor Global de Vendas).

As unidades autônomas podem ser apartamentos, casas, lotes de um condomínio residencial ou até mesmo vagas de garagem.

Pois bem! Ao se realizar o cálculo de áreas e especificações das unidades autônomas, geramos o que é designado de área equivalente global. Esta área representa uma área equivalente de custo, seja ele padrão ou de padrão diferente (falaremos mais sobre isto em outro tópico!).

ÁREA REAL GLOBAL =
áreas privativas + áreas comuns
ÁREA EQUIVALENTE GLOBAL =
áreas x respectivos coeficientes de equivalência

Ao obtermos a área equivalente global, estamos a um passo do cálculo do denominado Orçamento Paramétrico ou Orçamento Parametrizado.

O Orçamento Parametrizado utiliza como base o custo unitário padrão (CUB), fornecido pelo sindicato da construção civil da região (SINDUSCON) e dados empíricos coletados pela experiência, vivência de obras nos padrões do empreendimento pautado e dados históricos da incorporadora e/ ou construtora. Tais dados empíricos, representam o "custo extra CUB".

Assim sendo, com apenas o projeto arquitetônico, projeto planialtimétrico ou topográfico e quadros de áreas, resultamos em um confiável Estudo de Viabilidade (EVF), através da análise do Orçamento Paramétrico versus Valor Médio de Vendas.

.

Este procedimento apresenta mais uma das importâncias dos cálculos e considerações a serem feitas nos quadros da ABNT NBR 12.721:2006, cujas áreas e custos bem direcionados e calculados minimizam futuros prejuízos econômicos.

.

Palavras-chave: ABNT NBR 12721:2006. Orçamento Parametrizado. Estudo de Viabilidade.

.

Precisa de Quadros da ABNT NBR 12.721:2006? Entre em contato comigo! 

.

Postado por Riani Resende, em 01/06/2020 • Engenheira Civil apaixonada por Excel.

Fale comigo!

A PΔRΔMƐ7RIZƐ lhe retornará brevemente

Você receberá uma resposta em até 24 horas

Entre em Contato

Ligue para nós

+5532984558448

Envie-nos um email

[email protected]